domingo, 4 de março de 2012

Intolerância a Lactose

Boa noite!

Hoje vou falar de um probleminha que acontece com muita gente - Intolerância à Lactose.



Um simples copo de leite ou um pedaço de queijo pode faer mal para quem tem intolerânca à lactose. A pessoa sente náusea, gases, inchaço, diarreia e assadura na região anal.
Segundo dados brasileiros, 70% dos adultos têm algum desses sintomas após consumr leite de vaca ou derivados.
A doença ocorre porque o indivíduo nasce sem uma enzima que quebra a lactose, o açucar do leite, ou porque deixa de produzi-la ao longo da vida, seja pelo envelhecimento ou por lesões no intestino.

A gravidade dos sinais, que podem aparecer logo após a ingestão de leite ou depois de horas, depende da quantidade de alimentos e de quanta lactose cada pessoa é capaz de suportar.


Diagnóstico

É feito por dois teste.

1º - Paciente recebe uma dose de lactose em jejum e,depois de algumas horas, são colhidas amostras de sangue que indicam os níveis e glicose. Se não houver ateração, a pessoa é intolerante à lactose.
2º - Exame respiratório que monitora a quatidade de hidrogênio nos gases exalados após a ingestão da lactose.

É importante não confundir a intolerância à lactose com outras doenças ou disfunções que podem causar quadro similar.
São elas:
- Alergia à proteínado leite (caseína);
- Síndrome do intestino irritável;
- Doença celíaca;
- Doença de Crohn;
- Colite ulcerativa;
- Alergias alimentares;
- Endometriose.

Para quem estiver com suspeitade intolerânca à lactose e quiser faze um teste em casa, basta retirar da alimentação os leites e derivados durante uma semana. Se o desconforto sumir, pode estar aí o motivo.

Importância do cálcio
O leite e seus derivados são ricos em proteínas, vitaminas e a principal fonte de cálcio da alimentação, nutriente fundamental -  junto com a vitamina D - para a formação e a manutenção da massa óssea.

Tomar de dois a três copos de leite por dia contribui para um adulto atingir suas recomendações de cálcio. O iogurte também pode ser uma opção para garantir esse fornecimento. Crianças, adolescentes, grávidas e idosos devem consumir mais leite e derivados que as demais pessoas.

É recomendável, porém, que o leite não seja ingerido durante as refeições principais (almoço e jantar), pois o cálcio pode atrapalhar a absorção do ferro de origem vegetal, e vice-versa. Uma xícara de espinafre fornece aproximadamente 25% das necessidades diárias.

O gergelim é outra fonte de cálcio, tanto o torrado quanto o branco, apesar de este ser digerido com mais facilidade. Duas colheres de sopa por dia correspondem a um copo de leite.

Fique atentos.

Abraços
Nut. Rubens Côrtes



Nenhum comentário:

Postar um comentário

Postar um comentário